Deixar o gato só em casa durante uma viagem é muito comum, mas será que um hotel para gatos não seria melhor? Há vantagens e benefícios em que talvez você nunca tenha pensado.

Embora esses felinos sejam bastante independentes, são muitos os relatos de donos de gatos que, ao retornarem de viagens, encontram o animal de estimação arredio e mais distante. Já outras pessoas encontram a casa com vários objetos de decoração e móveis rasgados.

Então será que vale a pena deixar um gatinho só em casa?

gato amarelado rajado- hotel para gatos

O que será que o bichano apronta em casa enquanto você está fora?

Por que deixar meu gato em um hotel?

Um hábito muito comum entre as pessoas é pedir aquele “favorzinho” para o grande amigo dar uma “passadinha” ver o gatinho, e conversar um pouco com o bichinho estão fora, seja a viagem ou a trabalho.

Mas…

Essa passadinha não leva menos do que 1 hora, além do tempo de ida e volta entre a casa do amigo e onde está o gato, a menos que sejam vizinhos.

Então, se você quer que sua amizade continue a ser grande, é melhor ter consciência de que as outras pessoas têm seus próprios compromissos, seu próprio trabalho, prioridades e, talvez, ir cuidar de seu animal de estimação atrapalhe a rotina de seu amigo.

Uma outra ideia que vem à cabeça é pensar em deixar o felininho na casa dos pais, dos irmãos ou do grande amigo de novo. Entretanto, também é uma hipótese que pede bom senso. Um gato de estimação não precisa apenas de um lugar para ficar.

Ele é um animalzinho que requer atenção e faz sujeira. Sem contar que, dependendo da personalidade do felino, ele pode, literalmente, destruir cortinas, sofás, entre outros móveis da casa em que foi deixado. Isso não vai agradar nadinha de nada aos moradores que estão hospedando o bichinho. Assim, deixar o bichano na casa de alguém talvez não seja uma das melhores ideias.

Afinal, o comportamento de seu gato costuma ser bem diferente quando você não está por perto. Se ele é calmo na sua presença, na sua ausência ele pode se transformar no mais arteiro dos felinos.

Por que  hotel é mais seguro?

Tem mais uma coisa!

Esta de extrema importância: os gatos são territoriais e estranham casas diferentes.

Por isso é muito comum que gatos fujam quando estão em outras casas, ou quando os seus donos se mudam. Ao fugir, à procura do lar com que está acostumado, acaba se perdendo no bairro, podendo chegar a longas distâncias e, por causa disso, não consegue voltar nunca mais para a casa nova.

Em um hotel para gatos o bichano estará seguro, em um espaço onde não haverá como ele fugir. Entretanto, é necessário que as acomodações ofereçam um espeço fechado, mas nem por isso deixar o seu animal de estimação em uma jaula.

Que o gatinho precise ficar em um espaço trancado para não fugir é uma coisa. Mas isso não quer dizer que ele tenha de ficar trancafiado, em uma espécie prisão. Em um estabelecimento que hospede gatos, segurança e conforto são serviços que devem ser oferecidos juntos.

Certificando-se da segurança e do conforto, você pode ficar fora de casa, o tempo que for, com a mente tranquila, pois em um hotel para gatos as pessoas que cuidarão de seu bichano são profissionais compromissados, ele será alimentado com a devida regularidade conforme as instruções que você fornecer.

Tenha tranquilidade

Hospedando seu bichaninho em um hotel, não haverá possibilidade de existir uma situação que venha a ser constrangedora entre seus amigos e familiares.

Imagine se o seu gatinho resolver bancar o felino trapezista de cortinas na casa em que for hospedado?

O que um hotel para gatos deve oferecer?

Lembre-se: um bom hotel reunirá requisitos como conforto, climatização agradável, profissionais experientes e amáveis, fácil acesso, diversão, espaço, limpeza, segurança, atenção em tempo integral e muito carinho.

Informe-se bem a respeito do hotel em que pretende deixar seu gato para ter certeza de que ele estará em um ambiente acolhedor e confortável.

Antes da hospedagem

Não deixe para última hora!

Durante a semana, já reserve a comidinha de seu felininho de estimação, vá fazendo anotações sobre particularidades para não se esquecer de nada no dia do check-in, como medicamentos, brinquedos e paninhos que ele ame. Acima de tudo, já tenha em mente o hotel onde ele irá ficar.

Não deixe para procurar um hotel para gatos na semana em que for viajar. Aproveite um dia em que estiver com tempo livre e faça visitas a diferentes estabelecimentos. Assim, quando precisar se ausentar, já saberá onde deixar o gatinho.

O que avaliar na escolha de um hotel para gatos?

Gato cinza - hotel para gato

Um arranhador é objeto essencial para um gato. Olha só o bichano tomando conta do arranhador com cara de quem não quer sair dali!

Espaço

Primeiro, visite o lugar para ver as acomodações onde seu pequeno felino ficará. É importante saber o quanto de espaço ele terá, se ficará ou não misturado com outros animais e se ele terá com o que se entreter, como brinquedos e arranhadores.

Segurança

Peça também para verificar as instalações dos outros animais. As hospedagens para gatos geralmente atendem outros animais, como cachorros. Nesse caso, certifique-se de que gatos e cachorros fiquem totalmente separados uns dos outros.

Conforto

É importante saber se o gato estará em um ambiente de clima confortável. Para cidades muito quentes, um ar condicionado é necessário para garantir o bem-estar do pequeno felino. Já para o frio, certifique-se de que ele terá um lugar quentinho para descansar e dormir.

Higiene

Pergunte com que frequência o ambiente é higienizado, inclusive a respeito da troca de areia da caixinha.

Outra coisa a se verificar envolve animais que são sensíveis a determinados produtos de limpeza, então se esse for o seu caso, não se esqueça de se informar sobre a responsabilidade do estabelecimento quanto a isso.

Ou seja, saber se o estabelecimento faz a troca de produtos em caso de animais sensíveis a algumas substâncias químicas presentes em desinfetantes, detergentes e demais produtos.

Alimentação

Antes de mais nada, a melhor opção é que você leve a comidinha do gatinho. Uma alimentação diferente pode causar estranhamento, então o bichano acaba deixando de comer, ou o organismo dele rejeita a alimentação desconhecida, resultando em vômitos e mal funcionamento do intestino.

Assim, informe-se com os responsáveis se a gestão da alimentação segue os hábitos com que seu animal de estimação já está acostumado.

Se seu bichano faz uso de algum medicamento, é de fundamental importância dizer se o remédio é ou não dado com a alimentação e, também, de que forma isso é feito por você.

gato comendo

O seu bichano precisa de atenção especial na hora da alimentação.

Aproveite para conhecer o Club Pet

No Club Pet os bichanos têm conforto garantido!

Em nossa hospedagem para gatos só deixamos juntos bichanos de uma mesma família, garantindo a privacidade do animalzinho. Eles ficam em suítes de 6 metros quadrados e com ar condicionado, há diversos brinquedos à disposição e caixas de areia sempre limpas.

O ambiente de acomodação é protegido com tela e tem arranhadores de 2 metros para que gatinhos e gatinhas possam afiar suas garrinhas sem serem impedidos de exercerem o que é de sua natureza.

Os monitores interagem com os bichanos 24 horas, para que assim eles não se sintam sozinhos, mas sempre respeitando o soninho dos felininhos.

Os gatos ficam totalmente separados dos cães. Por isso, não deixe de aproveitar a sua viagem, deixando seu gatinho sob cuidados de profissionais e com muito carinho. Aqui ele estará protegido e receberá a atenção de que precisa.

Entre em contato com a gente.

Grande abraço da Equipe Club Pet!

Outras Matérias

Leave a Reply