Castração em cães e gatos: principais cuidados

Castração em cães e gatos: principais cuidados

A castração em cães e gatos é traz vários benefícios para a vida e saúde dos animais. No entanto, apesar de ser um procedimento cirúrgico simples é comum que alguns tutores fiquem em dúvida sobre a sua importância e principais cuidados no pré e pós operatório. 

Se você é um deles, acompanhe o nosso artigo e descubra mais informações sobre a castração e tome uma boa decisão para o seu pet. Além disso, também conheça a clínica veterinária do Club Pet RJ. 

Importância da castração em cães e gatos

Castração em cães e gatos é uma decisão importante para os tutores. Embora seja um procedimento invasivo, a castração contribui para maior longevidade e qualidade de vida dos animais domésticos.

Também é uma grande aliada para na promoção de saúde dos pets, recomendada quando os tutores não desejam obter ninhada de seus cães e gatos. 

No entanto, essas não são as únicas razões para optar pela castração. Confira abaixo outros motivos para realizar esse procedimento em cães e gatos:

Porque castrar cães e gatos?

Cães e gatos ficam excitados quando sentem o odor de fêmeas no cio. Nesses casos, quando o acasalamento não ocorra, eles podem ficar irritados, agitados e até fugir.

Diante disso, ao optar pela castração do seu pet, você previne uma série de problemas como:

  • Evita fugas de cães e gatos;
  • Previne o surgimento de tumores testiculares;
  • Impede o aumento do número de animais de rua;
  • Evita que o pet faça xixi fora do lugar para marcar território;
  • Inibe a agressividade motivada pela excitação sexual constante;
  • Evita o constrangimento de cães “agarrando” as pernas e braços de visitas.

Por que castrar cadelas e gatas?

Os tutores que não têm intenção de acasalar cadelas ou gatas, ainda terão que lidar com os cios cada 6 meses, risco de gravidez indesejável e uma série de doenças. Para evitar que isso aconteça, os veterinários recomendam a castração.

O procedimento garante uma vida adulta mais saudável para as fêmeas e tranquilidade para os tutores, que podem prevenir:

  • Evita cios a cada 6 meses;
  • Evita acasalamentos indesejáveis;
  • Previne o aumento do número de animais nas ruas;
  • Previne o cancro nas glândulas mamárias na fase adulta;
  • Evita Piometra, uma grave infecção uterina que acomete fêmeas adultas;
  • Previne o surgimento de gravidez psicológica e suas consequências como a infecção das tetas.

Castração: principais cuidados no pré e pós-operatório

A castração em cães e gatos é um procedimento que ajuda a prevenir gravidez nas fêmeas e impedir o surgimento de problemas de saúde. Contudo, assim como toda cirurgia, é preciso que os tutores fiquem atentos aos cuidados pré e pós-operatório.

Ao seguir as indicações do veterinário, os pets podem se recuperar da melhor maneira possível. Pensando nisso, confira algumas dicas de cuidados no pré e pós-operatório do seu peludinho.

Cuidados no pré-operatório da castração

O primeiro cuidado pré-operatório da castração deve ser a escolha do profissional e do ambiente cirúrgico. Esse procedimento deve ser feito por um médico veterinário capacitado e no hospital veterinário, com controle de fluxo, assepsia e equipamentos necessários.

A partir disso, os tutores devem ficar atentos a outros cuidados que tornam o procedimento mais seguro para o pet, como:

Avaliação médica

Antes de fazer a castração em cães e gatos, o médico veterinário precisa fazer uma avaliação criteriosa do seu pet para evitar complicações, inclusive aquelas que podem ser irreversíveis.

Para tanto, o profissional considera não apenas a idade e raça do pet, como também realiza exames laboratoriais e clínicos. A avaliação da condição cardíaca, por exemplo, é um fator determinante para saber se ele está ou não apto para a operação.

Jejum

Após passar por todos os exames indicados, o médico veterinário irá avaliar se o pet está pronto para o procedimento. Caso o seu cão ou gato seja liberado para a castração, o profissional deve solicitar um jejum.

Normalmente, o pet precisa estar 12 horas sem ingerir comida ou água. Essa restrição é essencial antes de tomar a anestesia no momento do procedimento cirúrgico.

Exames pré-operatórios

Exames pré-operatórios também são realizados no dia da castração em cães e gatos. Nesses casos, é comum que seja feita uma nova consulta, análises de sangue como hemograma e até eletrocardiograma.

Esses testes são essenciais para que o pet seja anestesiado com segurança. Além disso, é feita a raspagem dos pelos da região pubiana antes da cirurgia.

Cuidados pós-operatório da castração

Após realizar a cirurgia, o seu peludinho vai permanecer no hospital veterinário por algumas horas até acordar da anestesia. Depois desse período de recuperação, ele recobra a consciência e o médico veterinário avalia seu estado de saúde.

Após essa avaliação, você poderá levá-lo para casa e realizar os cuidados de pós-operatório, que incluem:

Medicação

Logo após a castração em cães e gatos, o veterinário receita um ou mais medicamentos para a recuperação adequada do pet. Cabe aos tutores seguirem a receita à risca.

Em alguns casos, o pet rejeita o remédio ou vomita logo depois de tomá-lo. Se isso acontecer, é necessário que você entre em contato com o veterinário para ele ficar ciente do problema e indicar uma alternativa.

Atividades físicas

Durante o período pós-operatório, o seu peludinho precisa ficar de repouso. Embora você possa ter dificuldade para impedir que ele se movimente, é fundamental que ele não realize algumas atividades físicas como:

  • Pular;
  • Correr;
  • Passear;
  • Conviver com outros animais.

Esses e outros movimentos podem prejudicar a recuperação do seu pet. Por isso, é necessário que ele evite realizá-los por um tempo, que pode durar entre 7 e 10 dias.

Cicatrizes

As suturas usadas na castração em cães e gatos variam de acordo com o gênero e tipo de animal. Contudo, independente do tipo, é provável que o seu pet tente tirá-las antes do tempo e isso pode prejudicar sua recuperação.

Diante disso, o ideal é que os tutores prestem atenção especial às suturas e verifiquem se elas estão no lugar com frequência. O veterinário pode indicar qual é a aparência normal das cicatrizes e avisar você quando algo estiver fora do comum.

Reações 

Nas primeiras horas após a cirurgia, é normal que os cães e gatos percam o apetite ou apresentem reações diferentes, tais como incontinência urinária ou sonolência. 

Contudo, se os sintomas persistirem por mais tempo é importante consultar o médico veterinário. Caso os animais estejam sentindo dores, o médico irá receitar um analgésico ou outro medicamento para eles. É necessário dá-los no horário e quantidade prescritas pelo médico. 

Conheça a clínica veterinária do Club Pet RJ

A castração em cães e gatos é um procedimento seguro e que traz muitos benefícios para os animais. No entanto, para ele ser bem-sucedido é importante realizá-lo em uma clínica confiável e com médicos veterinários experientes. 

Uma boa opção é trazer o seu peludinho para a clínica veterinária do Club Pet RJ. Trabalhamos com uma equipe de veterinários de diversas especialidades, também aplicamos vacinas e temos um dos melhores laboratórios para exames do país.  

Clique aqui para entrar em contato com a nossa equipe e agendar uma consulta para o seu pet. 

Categories: Blog Club Pet

Outras Matérias

Leave a Reply